[Resenha] Vendem-se Unicórnios - Índigo.

18:47

Não se podem comprar unicórnios. Eles precisam existir primeiro. Mas, caso alguém conseguisse, eles valeriam os olhos da cara? Jackie acha que sim. Afinal, uma simples camiseta, com vários (e falsos) miniunicórnios estampados, detonaram o limite do seu cartão de crédito.

Jackie, assim como qualquer outra adolescente, quer apenas uma coisa: ser notada. Depois de quinze anos sendo o espelho de Josefa, sua irmã gêmea popular, humanista e cheia de compromissos, tudo o que ela quer é ser uma nova pessoa. E para que isso aconteça, ela precisa passar por uma modificação em sua aparência.
Andando pelas ruas de São Paulo com seu bloquinho de papel em mãos e com uma lista de afazeres à cumprir, Jaqueline passa por uma transformação que deixam todos - inclusive si mesma - de queixos caídos.


Em seu primeiro dia pós-mudança Jackie atinge seu objetivo e passa a receber atenção de todos, até mesmo de Priscila França, a garota mais popular do colégio e que a toma como melhor amiga.
Entretanto, Jackie logo percebe que ser o centro das atenções não é tão legal quanto parece, e que ter uma melhor amiga parece mais legal na teoria do que na prática.
Mas, afinal, esse é o preço para se ter amigos - certo?

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

0 comentários

@blogunicornioliterario