[Primeiras Impressões] O voo da fênix - Adriana Vaitsman

11:40

Imagine-se beirando os 40, sentindo-se sozinha e com dois chifres enfeitando sua cabeça. Uma visão nada agradável, não é mesmo? Pois bem, foi exatamente assim que começou a história de Lia e George.
Lia é uma amiga, dona de casa, mãe e parceira exemplar - ou pelo menos, era isso o que ela acreditava. De um dia para o outro ela se vê em uma das situações das quais nunca pensou que estaria: sendo deixada por aquele que um dia jurou ama-la eternamente. O pior? Ela foi trocada por alguém de sua própria família. 
Como se o pé na bunda não bastasse, Lia, agora sem o provedor do sustento da família, terá que voltar ao batente para que possa manter a si e a Flora, sua filha de 13 anos de idade que sofre com a saída abrupta do pai, sustentadas.
Assim como a maioria das mulheres nesta fase, nossa protagonista tem sua autoestima escorregando por entre seus dedos a cada vez que reflete sobre seu ex relacionamento e sobre sua atual aparência que, em seu atual estado psicológico, faz com que pareça pior do que realmente está.
Disposta a recomeçar, Lia consegue seu primeiro emprego como fisioterapeuta particular de um idoso, cujo qual está se recuperando de uma doença. E é ai que nosso querido gostosão George entra em cena: jovem, misterioso e dono de uma aparência digna de uma capa de revista, ele não é nada mais e nada menos que o filho de seu paciente. Logo de cara, a atração é sentida de ambas as partes e uma ardente, emocionante e avassaladora paixão cresce entre eles. Mas, como todo protagonista pelo qual valha a pena nos apaixonarmos, George esconde um passado com o qual tem contas para acertar e ambos terão que lutar para permaneceram juntos.
Apesar de não ter lido a obra completa ( a leitura foi realizada pelo wattpad) consegui formar uma opinião acerca do livro; opinião esta que me fez simpatizar ainda mais com autora!

Em minha humilde e singela opinião, O voo da fênix, além de ser um livro repleto de romance, emoções e muito, muito suspense, também pode ser considerado uma espécie de livro de auto-ajuda. O motivo? É bem simples: O modo como a autora descreve as dificuldades das quais a protagonista enfrentou após o fim de um casamento do qual acreditava ser perfeito é bem semelhante ao que mulheres não-fictícias (esse termo existe?) passam diariamente; as inseguranças, os medos e as dúvidas frequentes que rondam a mente feminina após o término de um relacionamento são todas relatadas no livros, assim como a principal: o redescobrimento. Esta é a fase em que nossa protagonista se redescobre uma nova mulher; um alguém capaz de fazer coisas grandiosas, capaz de ser amada e desejada e alguém capaz de encontrar a verdadeira felicidade!

Consegui despertar sua curiosidade? Então corre para o wattpad e aproveite! Ah,e não se esqueçam de votar e comentar (A história só estará disponível até o dia 15 de agosto.)!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

0 comentários