[RESENHA] Vingador Prateado - Mirna Micheli Nesi

14:04

Eu não faço ideia de quem você é, de onde veio e, muito menos, quais são seus gostos literários; mas de uma coisa eu tenho certeza: você já ouviu ou leu algo sobre piratas.
Mas, afinal, será que são tão rudes e maus assim?
De acordo com a autora, nem tanto.
A estória se passa na Europa em pleno século XVIII, quando a pirataria estava em seu auge e o mar era tão - ou até mais- perigoso que a terra firme; era comum navios de carga serem invadidos por piratas e saqueados. Entretanto, este não é um livro sobre piratas saqueadores e usurpadores.
Vingador Prateado é o navio do capitão Jones e contém uma tripulação um tanto quanto incomum; acontece que, nos tempos antigos, as tripulações eram formadas por dois tipos de grupos: os primeiros eram os escravos, que, como podem imaginar, levavam a vida a bordo forçados e a um pé de serem jogados ao mar caso não obedecessem as ordens, e o segundo, por estrangeiros que encontraram na  vida ao mar um modo de fugirem de suas responsabilidades, ou escaparem de serem pegos por algum crime - o navio de Jones é uma mistura de ambos os grupos. Dentre seus piratas, há escravos que foram comprados e/ou salvos por ele e que, por isso, lhe devem a vida, assim como também há fugitivos da lei. Porém, há apenas um tipo de tripulante que nunca poderá subir a bordo: mulheres. O motivo? Elas não conseguiriam seguir a rotina dura de um pirata- são delicadas demais, frágeis demais e emotivas demais. Mas o que Jones não levou em conta, é que nós, mulheres, também somos persistente demais para desistir!
Depois de meses em alto mar, finalmente o Vingador Prateado chega em terra firme, na terra natal do capital Jones. Porém, por mais feliz que esteja por voltar aquele local, o motivo que o leva até lá não é nada agradável. Depois da morte de seu irmão mais novo, Jones acaba ficando responsável por Isabeli, sua sobrinha, que também ficara órfã de mãe.
Isabeli, ao contrário das moças de sua idade, não se interessa por bordados, confecção de vestidos e muito menos passar o dia conversando sobre futilidades; ela tem o espirito livre e acha um insulto ter que se resguardar das aventuras que lhes esperam em alto mar, por isso precisa mostrar a Jones que é capaz de fazer parte de sua tripulação.
Jones se mostra cético quanto a reação da sobrinha em querer ser uma de seus tripulantes, afinal, não era nenhuma surpresa que a garota soubesse e dominasse as artes da pirataria tanto quanto ele quando ainda era jovem - mas isso não o impediu de tentar convence-la a mudar de ideia. Obstinado a faze-la voltar atrás, o capitão promove três desafios que irão definir onde estará seu futuro: em terra firme ou em alto mar - e adivinhem só quem se tornou a mais nova tripulante do Vingador Prateado?
Daí em diante, a estória começa a se desenrolar. Depois da apresentação de Isabeli e de alguns piratas que farão total importância na trama, também nos é apresentado Edgar, filho de Jones, mas com características nada parecidas com as de seu pai; ele é um garoto de alma doce, compenetrado, sagás e honesto - e estas características o fará se tornar um dos principais protagonistas de uma incrível jornada.
Jones recebe o chamado de Tarcísio, o então conselheiro do rei, que lhe propôs riquezas e ouro em troca de algo: um baú do tesouro afundado sabe-se lá onde no fundo do mar. ''Oi? Como assim produção? Só isso? '' É óbvio que não; acontece que, por trás deste baú, há uma maldição que impede que quaisquer oportunistas consiga captura-lo, fazendo-os se perderem no mar e até mesmo os levando a morte. Entretanto, a maldição contém uma pequena brecha: apenas os que possuem um coração tão puro quanto aquele que os escondeu, poderá encontrá-lo. E adivinha quem foi o único pirata apto e honesto o suficiente para guiar Jones nesta viagem? Se você disse Edgar, pontos para você!
Embarcando em uma viagem única e cheia de perigos, os tripulantes não lidam mais apenas com os perigos do mar e de uma possível maldição que os assombra - mas também com uma possível conspiração dentre os piratas. Será que esta viagem durará tempo o suficiente para que o tesouro seja encontrado, ou uma possível guerra entre iguais levará todos a morte?
Em primeiro lugar: QUE LIVRO FOI ESSE? E, em segundo: QUE PERSONAGENS SÃO ESSES?
Eu sei que é meio suspeito eu dizer que amei a leitura já que, para aqueles que conhecem, é mais que óbvio o meu amor por livros de ficção, ainda mais quando  o mesmo tem uma personagem feminina tão forte e marcante como Isabeli. Afinal, quem é que pode não se render á uma garota com um gênio tão persistente? Bem, eu não. 
O livro, apesar de conter um total de 480 páginas, é uma ótima leitura para aqueles que querem dar um tempo aos romances melosos e dramas  que nos deixam de coração partido - vulgo Nicholas Sparks e John Green. Foi uma leitura fácil, e o melhor: não tem nenhuma ''lenga lenga'', o que, sinceramente, ajudou e muito para a conclusão da leitura.
Uma das características que mais me agradaram foi o fato dos personagens se mostrarem, em sua maioria, suas verdadeiras identidades; não há encobrimento daquilo que realmente são. Os personagens secundários, por incrível que se pareça, são tão presentes nas cenas quanto os protagonistas, o que faz com que o leitor sinta tanta falte de Ed e Isa (sim, sou intima o bastante para apelidá-los) quanto dos outros.
Por isso, se está afim de aventurar-se, já sabe qual deve ser sua próxima leitura, certo?
Como seria quase um martírio liberar algum spoiler, quem quiser debater - ou me contar sua opinião sobre o livro- basta me enviar um e-mail que será respondido com a maior rapidez possível!

Adicione o livro no Skoob.
Adquira já seu exemplar: Perse. | Angels Publishing | Livraria GAEB

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

14 comentários

  1. UAL! O livro é bem grande mesmo, mas adorei a resenha, então iria ler rapidinho pra ficar menos curiosa com toda essa história. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. menina amei a resenha!
    eu também sou louca por livros e é sempre bom ter a indicação de mais um bom!

    Kisses!
    Blog Sem Desperdício!

    ResponderExcluir
  3. Ler resenha sempre me faz lembrar que eu preciso ler mais, rs.
    Vou salvar seu blog nos meus favoritos, quem sabe fico mais inspirada ;)

    ResponderExcluir
  4. Adorei a indicação desse livro.
    Ainda não conhecia, mas pela resenha fiquei morrendo de vontade de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Nossa esse livro é maraa!!
    Amo resenhas de livros, sempre bom saber quais são legais para ler!
    Obrigada por compartilhar!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que demais Barbara!
    Realmente deu vontade de ler! Obrigada, sua resenha foi maravilhosa
    Bjkss
    Let'S
    www.leticiaseki.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa, o livro parece ser ótimo. Eu amei a resenha, achei o livro interessante. É uma ótima indicação de leitura. Gostei do post, bem escrito, parabéns. Beijos

    ResponderExcluir
  8. amei a resenha!
    eu também gosto muito de ler e é sempre bom ter a indicação de mais um bom livro!
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Sempre gostei de romances ou histórias em que o final sempre é esperado. Essa foi uma ótima dica pra expandir meus horizontes na leitura e conhecer coisas novas! Fiquei morrendo de vontade de ler! Além do fato de ter lembrado do Capitão Hook de OUAT haha
    Beijo!
    www.meiguicesdalu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Que resenha maravilhosa, só vde ler essa resenha tenho uma noção de como é esse livro, ameiiii

    Bjokas, bypaulanascimento.com

    ResponderExcluir
  11. Bem legal a resenha, gostei, embora seja um livro grande ja iria lendo e imaginando como seria em filme . Super beijos da Luma 😘

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha! Apesar de eu amar uma boa leitura, faz um tempinho que não pego algo legal pra ler. Gostei da indicação! Obrigada <3
    #salvonofavoritos

    ResponderExcluir
  13. OMG!!! Vidrei... Amei sua resenha. Adoro sua forma de se expressar, muito cativante. Despertou em mim uma enorme vontade de ler esse livro. Vamos ver se consigo.

    BeijinhoBom
    Paula Cardoso
    Magia nas Palavras ♥

    ResponderExcluir
  14. Nossa que resenha perfeita, só de ler ja quero ler o livro tipo agora rsrs A capa do livro é bem bonita também! Amei!

    Luana Passete
    http://www.lefshop.com.br/

    ResponderExcluir

@blogunicornioliterario