[RESENHA] O Ar que ele respira - Brittainy C. Cherry

08:27

Tristan Cole está quebrado por dentro, e nada será capaz de diminuir a dor em seu peito. Após perder as duas pessoas que mais amava no mundo em um acidente de carro, sua vida não parece fazer mais sentido; seu coração não possui mais nenhum motivo para continuar batendo, e seus pulmões parecem não ter razões para continuarem funcionando. Ele se sente sem ar, ele se sente sem vida.
Elizabeth sente que seu mundo parou; ela se sente como se sua  vida houvesse sido levada no exato momento em que o coração de Steven, o homem que mais amou em sua vida, parou de bater. Ela acorda todos os dias e sente que apenas existe, e que nada mais vale a pena. Se não fosse Emma, sua filha de apenas quatro anos de idade, ela já teria dado um fim a seu sofrimento.
Depois do período de exclusão, enquanto se escondia em outra cidade tentando fugir das memórias que rondavam a casa onde ela e seu marido moraram, Elizabeth, ou Lizzie, decide que é hora de retornar para a casa e dar a Emma a infância que ela merece. Entretanto, antes mesmo de chegar ao seu destino, ela acaba perdendo o controle de seu carro e atropela um cachorro. Desesperada, ela desce do veiculo e corre para ajudar o animal, dando de cara com seu dono, um homem irritado e sem modos que não faz a mínima cerimonia de conter os palavrões e palavras de descontentamento com a situação para si: Tristan.
Apesar das farpas que trocam entre si a cada vez que se esbarram, Tristan e Elizabeth desenvolvem uma amizade nada convencional, onde, a qualquer momento, um dos dois sairá ferido. Mas isto não parece motivador o suficiente para se separem.

Depois de semanas vendo essa capa maravilhosa passeando por todos os grupos de leitura do Facebook, decidi que finalmente havia chegado a hora de me render e ler este romance. E, sinceramente? Foi a melhor decisão que poderia ter tomado.
Nunca havia lido nada da autora, apesar de estar transbordando de ansiedade para ler Sr. Daniels, outra obra da autora lançada no Brasil.
A escrita, além de ser fluida, é alternada entre a perspectiva de Tristan e Lizzie, dando ao leitor a chance de se afundar ainda mais nos sentimentos dos protagonistas.
Uma das características que mais me agradaram na leitura foi o modo como a autora conseguiu expor as dores dos personagens, e o modo como os fizeram evoluir durante a história. O modo como cada um, tanto Tristan como Elizabeth, foram aos poucos soltando as amarras de seus passados, deixando-se livres para recomeçar, foi incrível. Durante a leitura chorei inúmeras vezes com os personagens, tamanha empatia que desenvolvi por ambos.
Lizzie é simplesmente incrível. Apesar da infância e adolescência turbulenta,ela se tornou uma mulher forte e batalhadora, que deu o melhor de si para criar sua filha da melhor maneira possível, mesmo que seu coração estivesse em pedaços.
O meu amor por Tristan não foi a primeira vista. Desculpem-me aqueles que se apaixonaram perdidamente pelo personagem, mas ele não conseguiu conquistar meu coração. Achei-o irritante e grosseiro durante  a maior parte do livro, o que não ajudou em nada a melhorar a primeira impressão que tive dele.
As referencias para o título do livro foram simplesmente sensacionais. Apesar de causar certa irritação em algumas partes, onde se repedia em demasiado, a ideia para o título foi incrível.
Uma história sobre perdas, amores, reconciliações e, sobre tudo, superação. Um livro que te faz chorar, te faz rir e te faz querer amar.

Adquira já seu exemplar: AmazonAmericanas | Fnac | Livraria Cultura | Saraiva | Submarino.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

8 comentários

  1. Olá, esse livro está muito comentado desde o seu lançamento, comprei e ainda não tive a oportunidade de começar a leitura.
    Adorei a sua resenha, mesmo tão detalhada, ela não conta muito sobre o livro, e isso é muito bom!
    Espero compartilhar dos mesmos sentimentos que você ao ler a obra.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <33 Pode ler, não irá se arrepender! XD

      Excluir
  2. Olá! Que blog mais lindo, parabéns!
    Adorei o post.
    Este livro e Sr Daniels estão na minha lista e agora fiquei ainda mais com vontade de lê-los :)
    Bjks mil

    www.maeliteratura.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas só de ler a sua resenha me deu vontade de chorar. Imagina o quão difícil deve ser para uma pessoa quando perde alguém!?
    Está na lista. ;)
    http://feliciity-unjourdepluie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas só de ler a sua resenha me deu vontade de chorar. Imagina o quão difícil deve ser para uma pessoa quando perde alguém!?
    Está na lista. ;)
    http://feliciity-unjourdepluie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode acreditar, você irá chorar muito <3 haha

      Excluir
  5. Eu já queria muito ler esse livro, agora quero ainda mais. Sua resenha me deixou ainda mais ansiosa para ler esse livro, amei.
    http://divagacoesdeleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir